Sentir-se em Casa

Comemoro este ano 13 anos de Profissão. Comecei a dar aulas de Yoga no ano de 2004. Dei aulas em várias cidades (Braga, Viana, Barcelos, V.N. de Famalicão etc.), em espaços muito diferentes, desde Health Clubs, a Escolas de Yoga, ao ar livre, a pequenos grupos, a muita gente e até aulas individuais. Em Setembro de 2008 dei início a um projecto meu, um espaço inteiramente dedicado ao Yoga. Um espaço que tem a sua história e já também já passou por várias mudanças e transformações. No final de 2014 decidi dar-lhe uma nova imagem e um novo nome, e assim surgiu a Casa do Yoga. E já lá vão 3 anos. 🙂

Porquê Casa do Yoga? Porque gosto que os meus alunos se sintam em Casa…

Como é bom e libertador sentir-se em casa! Não importa a arquitectura, o tamanho, a localização, o mobiliário…nada disso.

Para mim, sentir-se em Casa é…

Sentir-se em Casa é um doce sentimento de nos percebermos aceites e queridos da maneira que somos. É sentir que temos liberdade para nos expressarmos, sentir que temos à nossa volta pessoas que nos entendem e que nos ajudam a crescer e com as quais as horas passam a voar porque cada momento é realmente único.

Sentir-se em casa é estar bem consigo. É estar bem no seu corpo, na sua voz. É cuidar-se, amar-se, valorizar-se. É saber rir e não se levar demasiado a sério, e é também saber chorar e aceitar as próprias falhas. Sentir-se em casa é saber que damos o nosso melhor a cada momento, é sentir que o futuro está à nossa espera.

Anúncios

Diário de Prática – I

O Natal está aí, depois o Ano Novo, muitas festas, jantares, convívios, comida,…, enfim muita correria.

Neste altura é importante mantermos um tempo para nós, nem que seja apenas um minuto por dia!

Reserva uns minutos hoje para reflectir. Desliga tudo, o telefone, a TV,  o teu laptop – e observar-te – os teus desejos, os teus comportamentos, as tuas reacções. Pode ser em cima do teu tapete de Yôga, numa caminhada na natureza, ou a escrever no teu diário de prática. Este momento de auto-estudo é o que  tradicionalmente no Yôga  chamamos de swádhyáya. Embora possa parecer muito difícil ser um observador neutro e imparcial de si mesmo, também pode ser muito gratificante, pois pode levar a uma compreensão mais profunda de nossas motivações, insights para nosso dia-a-dia ou clareza para o nosso propósito.

IMG_9131

E claro, durante a tua prática de Yôga, o auto-estudo é fundamental.

Vive. Respira. Pratica Yôga!

Casa do Yôga

A Casa do Yôga oferece aulas regulares e actividades suplementares que visam uma transformação integral do indivíduo nas suas diversas dimensões: física, mental, psíquica e emocional, conduzindo à evolução e ao desenvolvimento pessoal.

Ensinamos técnicas que proporcionam melhor respiração, aumento da capacidade de concentração e de foco, descontracção, boa forma física, permitem gerir melhor o stress e as emoções, estimulam a criatividade e expandem a consciência.

Valorizamos o bom relacionamento humano, a civilidade, a cultura,  a consciência ambiental e a alimentação saudável.

Vem conhecer-nos!

Visita a nossa página no facebook.