A cidade está deserta

“A cidade está deserta
e alguem escreveu o teu nome em toda a parte
nos carros, nas casas, nas pontes, nas ruas
em todo o lado essa palavra
repetida ao expoente da loucura
ora amarga, ora doce
pra nos lembrar que o amor é uma doença
quando nele julgamos ver a nossa cura.”

Ouvi dizer de Ornatos Violeta com Vitor Espadinha em “um monstro precisa de amigos”

Anúncios