#4 Livros que li e recomendo – Running with the mind of meditation

Correr é o exercício para o corpo, meditar é o exercício para a mente.

Correr fortalece o coração, revitaliza o sistema nervoso e aumenta a nossa capacidade aeróbica. A corrida ajuda a desenvolver uma atitude positiva perante a vida, ensina a lidar com a dor e ajuda a relaxar.

A meditação é uma oportunidade para fortalecer, revigorar e limpar a mente. Pesquisas na área das neurociências revelam que a meditação reduz o stress, a ansiedade, a depressão, a preocupação, o medo, e aumenta a sensação de calma e felicidade.

Sabemos que o nosso corpo não está em forma quando ficamos sem fôlego ao correr para apanhar o autocarro.

Sabemos que a mente não está em forma, quando depois de um dia intenso de trabalho, emails, responsabilidades familiares, etc. ficamos irritados, mal humorados e infelizes.

Podemos correr para ficar em forma, podemos meditar para trabalhar a mente, e podemos juntar as duas coisas para um resultado surpreendente!

É isso que propõem o monge Skyong Mipham Riponche no seu livro Running With the ming of meditation.

run

Além de dicas fantásticas de como levar a meditação para a corrida, este livro ajuda a entender melhor o que é o estado de meditação.

Anúncios

#3 Livros que li e recomendo – Aprendo Yoga

Sugestão de leitura: Aprendo Yôga, André Van Lysebeth (Edição em Espanhol)

No original o livro chama-se J’apprends le Yôga, também existe traduzido para inglês com o titulo Yôga Self-Taught, eu li-o em espanhol.

André Van Lysebeth, foi um professor e profundo estudioso do Yôga. Escreveu vários livros, entre eles este Aprendo Yôga.

transferir (1)

É livro muito simples e agradável de ler. Aborda o básico dos exercícios respiratórios (pránáyámas)  e das técnicas corporais (ásanas), fala de alguns técnicas de limpeza orgânica (kriyás) e tem um capítulo muito interessante dedicado ao tema “Onde se concentrar nos ásanas”.  Ensina detalhadamente cada técnica e explica os erros mais comuns a evitar.

É uma excelente leitura tanto para iniciantes como para praticantes mais antigos.

#2 Livros que li e recomendo – Light on Yoga

Sugestão de leitura: Light on Yoga de  B.K.S.Iyengar

Foi editado pela primeira vez em 1966, traduzido em muitas línguas, é uma referência sobre a prática e a filosofia do Yôga. A introdução é dedicada à base teórica do Yôga, o restante contém muitas informações sobre ásanas (técnicas corporais) e pránáyámas (técnicas respiratórias).

yoga

B.K.S. Iyengar (1918-2014) foi um dos mais respeitados professores de Yôga do mundo. Nasceu no sul da Índia e começou a praticar Yôga com T. Krishnamacharya, um dos mais respeitados professores do século XX (que curiosamente também foi mestre de outras personalidades famosas do Yôga como Indra Devi, K. Pattabhi Jois, T. K. V. Desikachar).

Fundou o Iyengar Yoga e inspirou muitos professores e alunos por todo o Mundo. Foi professor de pessoas famosas como o escritor Aldous Huxley e o violinista Yehudi Menuhin de quem se tornou amigo. O violinista, que foi o responsável pelas primeiras viagens de Iyengar ao Ocidente.

Yôga is…

“Yôga is the practice of tolerating the consequences of being yourself.”
Bhagavad Gita*

cropPhoto

*O Bhagavad-Gîtâ, ou Poema do Senhor, é um poema composto por setecentas estrofes divididas em dezoito capítulos, lições ou cantos que está incluído no sexto livro, Bishma Parva, da epopeia, Mahabharata (Grande Índia). O poema conta a história dos descendentes do Rei Bharata, os Pandavas e os Kauravas, primos que entram em disputa sobre o reino e que acaba na guerra cataclísmica de Kurukshetra.[1]

O Bhagavad-Gita lida com as limitações do ser humano, como a ignorância, o sofrimento e a morte. O texto revela-nos que os problemas humanos são causados pela ignorância acerca da real natureza de quem somos, e mostra-nos o caminho para saírmos da transmigração – o ciclo de nascimento, morte e renascimento (samsara).

[1]FEUERSTEIN, GEORG; A Tradição do Yoga; Editora Pensamento

Foto de http://www.yogitimes.com

#1 Livros que li e recomendo – The Miracle of Mindfulness

Thich Nhat Hanh é um dos mestres do zen-budismo mais conhecidos e respeitados no mundo de hoje. É também poeta e activista da paz e dos direitos humanos. Tem uma história de vida incrível que podem conhecer aqui: Plum Village.

É sem dúvida um dos grandes professores do nosso tempo. Tem um modo de se expressar muito simples, mas a sua mensagem revela a pureza do profundo entendimento da realidade que vem certamente das suas meditações e do seu trabalho em prol da comunidade.

Um dos seus livros mais conhecidos, The Miracle of Mindfulness – Introduction to the Practice of Meditation, apresenta uma abordagem muito interessante para despertar a atenção plena (mindfulness), que é essencial para se alcançar o estado de meditação. O livro contém vários exercício e dicas excelentes para aplicar no dia-a-dia.

Partilho um pequeno trecho:

“While washing the dishes one should only be washing the dishes, which means that while washing the dishes one should be completely aware of the fact that one is washing the dishes.

At first glance, that might seem a little silly: why put so much stress on a simple thing? But that’s precisely the point. The fact that I am standing there and washing these bowls is a wondrous reality. I’m being completely myself, following my breath, conscious of my presence and conscious of my thoughts and actions. There’s no way I can be tossed around mindlessly like a bottle slapped here and there on the waves.”

Quantas vezes não vivemos em piloto automático, sem consciência nenhuma do momento? Realizamos as tarefas mais simples completamente dispersos e relacionamo-nos com os outros sem lhes dar verdadeiramente a nossa atenção.  Tarefas corriqueiras, como lavar a loiça, podem ser um óptimo treino para trazer a nossa mente para a atenção plena.

A prática da atenção plena traz-nos para o momento presente, e faz-nos viver mais intensamente. Por experiência, sei que quando pratico a atenção plena no meu dia-a-dia, a prática de meditação se torna muito mais fácil, e o melhor de tudo é a sensação de que vivo muito mais!

Recomendo vivamente a leitura do The Miracle of Mindfulness – Introduction to the Practice of Meditation,  a todos os interessados em melhorar a sua prática de meditação!

tchit

Book – a revolução tecnológica

 Revisto em  10/04/2014

Aqui fica a sugestão de alguns books espantosos e revolucionários:

O Cálice e a Espada, Riane Eisler, Via Optima Editora

Tantra, o culto da feminilidade, André Van Lysebeth, Grupo Editotial Summus

Corpo de mulher, sabedoria de mulher, Christiane Northrup, Editora Sinais de Fogo

A cama na varanda, Regina Navarro Lins, Editora Best Seller

O Ponto de MutaçãoFritjof Capra, Editora Culturix

Este post é especialmente dedicado aos alunos avançados das 18h….hehehe 🙂