Kákásana

90_kakasana

Vamos começar pelo apoio: as mãos. Existem várias formas de apoiar as mãos. Sugiro que comece pela mais simples: palma da mão no chão, com o peso do corpo distribuído pela palma da mão, dedos e pontas dos dedos (tenha o cuidado de não elevar as falanges).

O afastamento entre as mãos é o equivalente à largura dos ombros. Ao colocar as mãos no chão, estas devem estar próximas ao corpo, de forma a que os joelhos toquem nos braços bem perto das axilas e os calcanhares fiquem elevados.

Quando acomodar os joelhos nos braços procure “encaixá-los” bem e sentir que o apoio é firme e os joelhos não vão escorregar. Os braços devem estar flexionados, e o joelhos devem ficar acima dos cotovelos.

Deve manter o rosto elevado e olhar em frente. Ao fazer isto está a garantir um maior equilíbrio no kákásana.

Aos poucos comece a transferir o peso do corpo para os braços. Na  medida em  que coloca mais peso sobre os braços, os pés elevam-se gradualmente até que saem do chão. No inicio pode tentar elevar um pé de cada vez, mas o ideal é elevar os dois pés ao mesmo tempo.

Depois que conseguir executar correctamente a posição procure conquistar a permanência, ou seja, ficar cada vez mais tempo no exercício. Com uma permanência razoável vai conseguir aplicar mais consciência na respiração e no corpo, além perceber a actuação da técnica.

Com o ásana bem dominado comece a experimentar outras posições para as mãos!

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s